DESCUBRA A VERDADEIRA FELICIDADE

Posted by Carlos Miranda

DESCUBRA A VERDADEIRA FELICIDADE

Frases de efeito sobre a verdadeira felicidade especialmente selecionadas por Tom R. para o blog MAIS DE MIL FRASES DE EFEITO.
Se reproduzir este texto em algum outro veículo de comunicação, preserve os créditos acima.

A vida é como pintar um quadro, não fazer uma soma.
(OLIVER WENDELL HOLMES, JR.)

É apenas com o coração que se pode ver direito; o essencial é invisível aos olhos.(ANTOINE DE SAINT- EXUPÉRY)

Se tivesse de viver minha vida de novo, ousaria cometer mais erros na próxima vez. Seria mais relaxada. Seria mais flexível. Seria mais tola do que fui nesta viagem. Não levaria as coisas tão a sério. Correria mais riscos, conheceria mais lugares, escalaria mais montanhas, nadaria em mais rios. Tomaria mais sorvete, comeria menos vagem. Talvez tivesse mais problemas concretos, mas teria menos problemas imaginários. Afinal, fui uma dessas pessoas sensatas e equilibradas, hora após hora, dia após dia. Tive meus momentos, é claro. Só que se tivesse de fazer tudo de novo, teria mais momentos assim. Na verdade, tentaria não ter outra coisa - apenas momentos, um depois de outro, em vez de viver tantos anos à frente de cada dia. Fui uma dessas pessoas que nunca vai a parte alguma sem um termômetro, uma bolsa de água quente, uma capa e um pára-quedas. Se pudesse fazer de novo, levaria menos coisas. Se tivesse de viver minha vida outra vez, começaria a andar descalça mais cedo na primavera, e continuaria assim pelo outono. Iria a mais bailes, andaria mais em carrosséis, e colheria mais margaridas. (NADINE STAIR)

Algumas pessoas tentam conservar suas energias para poderem viver mais. Não sei o que você pensa, mas eu estou convencido de que o mais importante não é por quanto tempo vivemos, mas sim como vivemos. Prefiro me desgastar a enferrujar! Que o fim nos encontre escalando uma nova montanha! (Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Em vez de realizar para ser feliz, comecei a ser feliz por realizar.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Cuide de para que todo o seu foco na vida esteja nas soluções, não nos problemas.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Uma noção adicional, fundamental para o sucesso a longo prazo, é a de que alcançar nossos objetivos pode ser uma maldição, a menos que já tenhamos fixado um novo conjunto de objetivos superiores, antes de realizarmos os primeiros. Assim que se descobrir prestes a alcançar um objetivo, você precisa providenciar imediatamente a definição dos objetivos seguintes. Caso contrário, você experimentará algo que todos precisamos evitar: passar à frente de nossos objetivos. Quantas vezes já lemos sobre pessoas que alcançaram seus supremos objetivos na vida só para dizerem "Isso é tudo?", porque sentiram que não tinham mais nenhum lugar para onde ir? (Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

O único motivo para perseguirmos objetivos é o de expandir e crescer. Alcançar objetivos, por si só, nunca nos fará felizes a longo prazo; é quem você se torna, como supera os obstáculos necessários para alcançar os objetivos, que pode lhe proporcionar o mais profundo senso de realização. Por isso, talvez a pergunta fundamental que devemos formular seja a seguinte: "Que tipo de pessoa terei de me tornar para realizar tudo o que desejo?" Essa pode ser a pergunta mais importante que você fará a si mesmo, pois a resposta determinará a direção que precisa seguir pessoalmente. (Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

A verdade é que se tomarmos a decisão de sermos felizes agora, automaticamente alcançaremos mais. Embora os objetivos proporcionem uma magnífica direção e um meio de focalizar, devemos nos empenhar constantemente para viver cada dia em sua plenitude, extraindo toda a alegria que pudermos tirar de cada momento.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Estamos sempre esperando que apareça a pessoa certa, ou a situação certa, antes de nos sentirmos bem. Mas quem determina se é a pessoa ou situação certa? Quando você se sente bem, quem o está fazendo se sentir bem? Você mesmo! Mas tem uma regra que diz que deve esperar até que A, B ou C ocorra, antes de se permitir sentir bem. Por que esperar? (Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Você não precisa esperar por qualquer coisa ou alguém! Não precisa de nenhuma razão especial para se sentir bem - pode decidir se sentir bem agora, simplesmente porque está vivo, simplesmente porque quer.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Mas qual é a fonte das emoções? Você é a fonte de todas as suas emoções, é você quem as cria. Muitas pessoas acham que devem esperar por determinadas experiências, a fim de sentirem as emoções que desejam. Por exemplo, não se concedem permissão para sentirem amadas, confiantes ou felizes, a menos que seja atendido um conjunto específico de expectativas. Estou aqui para lhe dizer que você pode sentir qualquer coisa que quiser, em qualquer momento.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Há uma grande diferença entre uma afirmação e uma pergunta. Quando você diz para si mesmo "Eu sou feliz; eu sou feliz; eu sou feliz", isso pode levá-lo a se sentir feliz, se produzir bastante intensidade emocional, mudar sua fisiologia, e por conseguinte seu estado. Na realidade, você pode fazer afirmações durante o dia inteiro sem conseguir mudar como se sente. O que realmente mudará a maneira como se sente é perguntar. "Com o que sou feliz agora? Com o que eu poderia me sentir feliz, se quisesse? Como isso me faria sentir?" Se você continuar a fazer perguntas assim, encontrará referências concretas, que o levarão a começar a focalizar as razões que existem de fato para que se sinta feliz. Terá certeza que é feliz.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Se você faz perguntas como "Quais são as lembranças mais apreciadas?", ou "O que é realmente maravilhoso em minha vida neste momento?", e se for capaz de pensar a sério na pergunta, começará a pensar nas experiências que o fazem se sentir fenomenal. E nesse estado emocional fenomenal, você não apenas se sentirá melhor, mas também será capaz de contribuir mais para as pessoas ao seu redor.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Faça a si mesmo, neste exato momento, algumas perguntas fortalecedoras. Com que se sente realmente feliz em sua vida agora? O que é maravilhoso em sua vida hoje? Pelo que se sente sinceramente agradecido? Tire um momento para pensar nas respostas, e verifique como é bom sentir que sabe que tem razões legítimas para se sentir bem agora.(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Se você se sente triste, só há um motivo: é porque está suprimindo todas as razões que pode ter para se sentir bem. E se você se sente bem, é porque está suprimindo todas as coisas ruins que poderia estar focalizando.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

É importante para nós lembrar que a maneira como representamos coisas na mente vai determinar como nos sentimos.(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Para a mente obtusa, toda a natureza é sombria. Para a mente iluminada, o mundo inteiro arde e faísca com luz.(RALPH WALDO EMERSON)

Compreenda, acredite e confie que se mudar o significado de qualquer evento em sua mente, mudará imediatamente como se sente e o que faz, e assim mudará suas ações e transformará seu destino. Lembre-se, nada na vida tem qualquer significado a não ser aquele que você mesmo concede. Portanto, trate de fazer uma opção consciente pelos significados mais sintonizados com o destino que escolheu para si mesmo.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Como se pode constatar, nunca é o ambiente; nunca são os eventos de nossas vidas, mas sim o significado que atribuímos aos eventos - como nós os interpretamos - o que molda quem somos hoje, e o que nos tornaremos amanhã. São as convicções que fazem a diferença entre uma vida inteira de alegre contribuição e uma existência de sofrimento e desolação.(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

Duas mulheres completam setenta anos, mas cada uma assume uma visão diferente do fato. Uma "sabe" que sua vida se aproxima do fim. Para ela, sete décadas de existência significam que o corpo deve estar se deteriorando, e é melhor começar a encerrar todas as suas questões inacabadas. A outra conclui que a capacidade de uma pessoa em qualquer idade depende de sua convicção, e fixa um padrão mais elevado para si mesmo. Decide que escalar montanhas pode ser um bom esporte para se começar aos setenta anos. Durante os vinte e cinco anos seguintes, ela se devota a essa nova aventura, escalando alguns dos picos mais altos do mundo, até que hoje, na casa dos noventa anos, Hulda Crooks tornou-se a mulher mais velha a escalar o Monte Fuji.
(Anthony Robbins do livro “Desperte o gigante interior”)

A vida é uma aventura ousada ou nada. (Hellen Keller)

O homem nasce para viver, e não para se preparar para viver. (BORIS PASTERNAK)

O triunfo na vida, ou o que quer que chamemos de triunfo, é sobretudo uma questão de adaptação ao ambiente, de maneira tal que haja harmonia entre o ambiente e o indivíduo. O palácio de um rei se torna uma choça de camponês quando não existe harmonia entre as suas paredes. Inversamente, a choça de um camponês pode proporcionar mais felicidade do que a mansão de um rico, se a harmonia reinar na primeira e faltar na segunda. (Napoleon Hill do livro “A lei do triunfo”)

Se alguns são felizes ou infelizes, é porque imaginam ser felizes ou
infelizes, porquanto entre duas pessoas colocadas exatamente nas mesmas
condições, uma pode se julgar perfeitamente feliz e a outra absolutamente
infeliz. (Emile Coué do livro “O domínio de si mesmo pela auto-sugestão”)

Viver é mais importante do que ser feliz. (Vinícius de Moraes)

A alegria entra em nossa vida quando temos:
(a) Algo para fazer
(b) Alguém para amar
(c) Algo para esperar
(Viktor E. Frankl)

Procure a felicidade no presente, e você a encontrará no futuro. (Kazuo Suzuki)

Nenhum navio jamais o levará para longe de si mesmo. (Constantine Catafy)

O Paraíso é onde estou. (Voltaire)

A alegria provém de uma vida disciplinada e bem organizada, não de uma rotina na qual dizemos sim para tudo que atravessa o nosso caminho.
(Alexandra Stoddard do livro “Escolha a felicidade”)

Eu lhe desejo toda a alegria que você puder desejar. (Shakespeare)

Criar o paraíso na Terra é ter um caso de amor com a vida.
(Alexandra Stoddard do livro “Escolha a felicidade”)

Não é riqueza nem esplendor, mas tranqüilidade e ocupação que dão felicidade. (Thomas Jefferson)

Não é fazer coisas que gostamos de fazer, mas gostar das coisas que temos de fazer que torna a vida abençoada. (Goethe)

O significado das coisas não está nas próprias coisas, mas em nossa atitude com relação a elas. (Antoine de Saint-Exupéry)

O homem tolo busca a felicidade na distância; o sábio a cultiva sob seus pés.
(James Oppenheim)

Aquele que procura falhas as encontrará mesmo no paraíso. (Henry David Thoreau)

No mesmo grau em que você for útil, será feliz. ( Theodore Reik)

A felicidade depende mais da disposição mental interior do que das circunstâncias externas. (Benjamin Franklin)

A verdadeira felicidade é... aproveitar o presente, sem a dependência ansiosa do futuro. (Sêneca)

A palavra “felicidade’ perderia seu significado se não fosse equilibrada pela tristeza. (Carl Jung)

O dia mais perdido de todos é aquele em que não rimos. (Sébastien Chamfort)

Faça o que puder, com o que você tem, onde você está. (Theodore Roosevelt)

Mesmo que viajemos o mundo para encontrar beleza, devemos carregá-la conosco ou nunca a encontraremos. (Emerson)

O mundo é tão cheio de tantas coisas que estou certo de que deveríamos ser todos felizes como reis. (Robert Louis Stevenson)

Muitas pessoas são tão felizes quanto decidem ser. (Abraham Lincoln)

A alegria está em sermos absorvidos por completo no que estamos fazendo.
(Alexandra Stoddard do livro “Escolha a felicidade”)

A procura não é pelo final do caminho, mas sim por uma maneira de ser ao caminhar.
(Roberto Shinyashiki do livro “Sem medo de vencer”)

Eu devia estar contente por ter conseguido tudo que eu quis mas eu confesso abestalhado que eu estou decepcionado. Porque foi tão fácil conseguir e agora eu me pergunto, e daí? (Raul Seixas na música “Ouro de tolo” interpretada por Raul Seixas)

O dinheiro pode comprar uma casa, mas não um lar.
Ele pode comprar uma cama, mas não o sono.
Ele pode comprar um relógio, mas não o tempo.
Ele pode comprar um livro, mas não o conhecimento.
Ele pode comprar um título, mas não o respeito.
Ele pode comprar um médico, mas não a saúde.
Ele pode comprar o sangue, mas não a vida.
Ele pode comprar o sexo, mas não o amor.
(Ensinamento chinês sobre o dinheiro)

Se você acha que será feliz somente quando tiver muito dinheiro, lamento dizer que isso é pura ilusão. A felicidade se constrói no dia-a-dia, a cada momento. E dinheiro não é um objetivo, não é a felicidade. Dinheiro é como um cupom que lhe proporciona meios de curtir aquilo que você ama ou aprecia muito.
(Gustavo Petrasunas Cerbasi do livro “Dinheiro – os segredos de quem tem”)

O mito, a brincadeira cruel perpetrada pelos nossos colégios, pelos meios de comunicação, pelas igrejas ou sinagogas, que indicam o sucesso como um lugar, um status, uma coisa, um nível a ser atingido. Escolha uma carreira, trabalhe nela até alcançar o sucesso e você será feliz... ridículo.
(Tom Rusk e Randy Read do livro “A universidade do sucesso volume 1” de Og Mandino)

Brincadeiras felizes fazem parte do caminho espiritual tanto quanto preces sérias.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Pergunte-se: “De que eu preciso – e não possuo – para ter paz de espírito neste exato instante?” Seja qual for sua resposta – mais dinheiro, um companheiro, uma casa melhor -, foi você quem criou esse “requisito para a sua felicidade”. O que confere a essas coisas qualquer valor é a sua crença de que precisa delas para ser feliz. E é provável, devido à forma como o ego age, que se as tivesse encontraria outra coisa para desejar. Até que tome a decisão de acreditar que as únicas limitações à sua felicidade são as que inventa, você jamais conhecerá a liberdade. (Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Tire prazer do que tem, não cometa o erro de pensar que mais vai torná-lo mais feliz.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

O prazer não deriva daquilo que você faz, mas da dedicada atenção com que o faz. Qualquer atividade, portanto, pode ser fonte de prazer.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Ter paz de espírito no momento presente como seu único objetivo permite que busque qualquer objetivo futuro com tranqüilidade.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Quando você aprender a olhar para seus pensamentos sempre que ficar perturbado por algum motivo, terá descoberto a verdadeira liberdade.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

A felicidade não tem absolutamente nenhuma relação com o que você possui e tem tudo a ver com quanto você é grato pelo que possui.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Muitas pessoas recaem em um sistema de crenças que diz: “Seja feliz quando as coisas vão bem, irrite-se quando não vão”. Existe outra maneira de atravessar a vida sem deixar que a felicidade seja o resultado de um jogo de dados.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Minha idéia de liberdade é a seguinte: primeiro, imagine viver no ambiente de seus sonhos. Depois, imagine viver sob condições que provavelmente não seriam de seu agrado. Por último, diga: “Poderia me sentir igualmente em paz em qualquer dos dois lugares”. Isso é liberdade! Saber que sua felicidade se irradia daquilo que você leva para um lugar, não do que o lugar dá a você.
Não tenho a intenção de dizer que não deve criar o que deseja para você: apenas tenha cuidado para não fazer disso sua única fonte de felicidade.
(Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Não é difícil ter valores confusos quando se é exposto a uma cultura apressada e materialista. Todos os dias você é o receptor passivo de incontáveis anúncios, todos comunicando basicamente a mesma mensagem: “Alguma coisa fora de você vai fazê-lo mais feliz”. (Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

É no âmbito dos fatos comuns da natureza que se encontra o caminho do sagrado: o perfume dos pinheiros da floresta, os pés descalços na areia branca banhada de sol, a grama verde florescendo à brisa de verão onde você se deita para observar a dança das nuvens brancas do céu, olhar pela janela para ver as estrelas brilhando na imensidão do universo. O tempo que se passa junto à natureza traz equilíbrio. Sem ela o caminho de sua vida pode se tornar superficial e até mesmo perigoso. Com ela, você permanece conectando com a fonte.
Eu preferiria que houvesse menos receitas de Valium e Prozac e mais de retorno à natureza. (Lee L. Jampolsky do livro “Atitude para ser feliz”).

Se seu valor como ser humano depende de fazer as coisas bem, estar por cima, superar os demais, o que você fará quando cessarem os aplausos e você não estiver mais no alto? Desmoronará, porque não terá mais motivo para sentir que tem valor.
(Dr. Wayne W. Dyer do livro “Não se deixe manipular pelos outros.”)

A competição é uma das maiores causas de suicídio neste país (EUA). Suas principais vítimas são pessoas que sempre se julgaram valiosas porque estavam deixando os outros para trás. Quando fracassaram nisso, perderam todo senso de valor próprio e chegaram à conclusão de que não tinham mais razão para levar uma vida de sofrimento. (Dr. Wayne W. Dyer do livro “Não se deixe manipular pelos outros.”)

Acabe com essas tolas exigências a si mesmo de perfeição em tudo o que faz e de exigi-la também em seus entes amados. Permita-se o prazer de simplesmente fazer. Pinte um quadro apenas para se divertir. Não se preocupe em “não ser pintor” – simplesmente divirta-se pintando.
(Dr. Wayne W. Dyer do livro “Não se deixe manipular pelos outros.”)

Não há caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.
(Dr. Wayne W. Dyer do livro “Não se deixe manipular pelos outros.”)

Quantas vezes você já ouviu pessoas falarem de cidades tediosas, acontecimentos chatos, lugares horríveis onde estar? A pessoa criativamente viva gosta de todos os lugares, uma vez que sua atitude é a seguinte: “Este é o lugar onde me encontro agora. Tanto posso gostar dele como não gostar e ser vitimado por minha contrariedade”. (Dr. Wayne W. Dyer do livro “Não se deixe manipular pelos outros.”)

Se está num lugar onde preferia não estar, mas do qual, por questão prática, não pode sair, como uma prisão ou uma reunião de comitê, de que adianta não gostar dele, se não tem a opção de ir para algum outro local?
(Dr. Wayne W. Dyer do livro “Não se deixe manipular pelos outros.”)

Ninguém terá prazer no estrelato se desprezar a beleza das coisas no anonimato. (Augusto Cury do livro “Nunca desista de seus sonhos”)

Muitas pessoas estão ocupadas só para disfarçar a ansiedade; seu ativismo é um modo de fugir de si mesmas. Elas obtêm um pseudo e temporário senso de vivacidade correndo de um lado para o outro, como se estivessem realizando algo só pelo fato de se movimentarem, ou como se estarem ocupadas fosse uma prova de sua importância. (Rollo May do livro “O homem à procura de si mesmo”)

A maneira mais eficaz de garantir o futuro é enfrentar o presente com coragem e proveito. Pois o futuro nasce do presente e dele se constitui.
(Rollo May do livro “O homem à procura de si mesmo”)

Onde quer que você esteja, esteja lá por inteiro. Se você acha insuportável o seu aqui e agora e isso lhe faz infeliz, há três opções: abandone a situação, mude-a ou aceite-a totalmente. Se você deseja ter responsabilidade sobre a sua vida, deve escolher uma dessas opções e deve fazê-lo agora. Depois, arque com as conseqüências. Sem desculpas. Sem negatividade. (Eckhart Tolle do livro “O Poder do Agora”)

O estresse é causado pelo estar “aqui” embora se deseje estar “lá”, ou por se estar no presente desejando estar no futuro. É uma divisão que corta a pessoa por dentro. Criar e viver com essa divisão é insano. O fato de que todas as pessoas estão agindo assim não torna ninguém menos insano. (Eckhart Tolle do livro “O Poder do Agora”)

Nada lá fora vai conseguir nos trazer satisfação, exceto por um tempo e de modo superficial. Mas talvez você precise passar por muitas decepções antes de perceber a verdade. (Eckhart Tolle do livro “O Poder do Agora”)

A vida não é do jeito que deveria ser. É do jeito que é. A diferença está na sua maneira de enfrentá-la. (Virginia Satir)

Não desfrute somente o sol, aprecie também a lua. Não desfrute somente a calmaria, aproveite a tempestade. Tudo isso enriquece a existência. A vida não acontece somente dentro de uma casa, de uma cidade, de um país: ela tem de ser experimentada dentro do universo. (Roberto Shinyashiki do livro “O sucesso é ser feliz”)

Qualquer estúpido pode ser infeliz. Não é necessário alguém especial para ver problemas em qualquer coisa, a qualquer hora. Aliás, há pessoas que não desperdiçam uma oportunidade de sofrer. Mas saber transformar pequenos acontecimentos em fonte de alegria é habilidade de poucos.
(Roberto Shinyashiki do livro “O sucesso é ser feliz”)

Infelicidade é, antes de tudo, um estilo de vida, uma forma de olhar o mundo pelo lado contrário. Em vez de você tirar proveito do momento atual, lamenta-se do que poderia ter acontecido. (Roberto Shinyashiki do livro “O sucesso é ser feliz”)

O otimista não permite que determinado problema em certa área de sua vida contamine as demais. (Roberto Shinyashiki do livro “O sucesso é ser feliz”)

Trocar frases como “O filme é bom, mas devia ter um final diferente” por “O filme devia ter um final diferente, mas é bom”.
Em vez de dizer “É bom estar vivo, mas não se pode viver para sempre” diga “Não se pode viver para sempre, mas é bom estar vivo”. O primeiro “mas” implica em fatalismo, o segundo demonstra a sensação de uma esperança radiante. O primeiro afirma depois nega, o segundo nega e depois apaga a negação com uma afirmação.
(Marcus Bach do livro “Serendipidade – o mundo do acaso”)

Dizem que a beleza está nos olhos de quem olha. Se seus olhos estão identificados com o agradável, você verá apenas o agradável.
(Joseph Murphy do livro “SUA FORÇA INTERIOR”)

Se você não é grande antes de ocupar o cargo, você não se tornará grande por ocupá-lo.(Russel H. Conwell do livro “Uma fortuna ao seu alcance”)

Realizar-se pessoal e profissionalmente não significa obrigatoriamente mudar de profissão ou de emprego, mas mudar de atitude perante o trabalho.
(Roberto Shinyashiki do livro “Você: A alma do negócio”)

A humanidade está tão preocupada com o ponto de chegada que se esquece de aproveitar a viagem. (Roberto Shinyashiki do livro “Você: A alma do negócio”)

A pessoa que fuma mais de um maço de cigarros diariamente, que todo dia toma um comprimido de ansiolítico ou ingere algumas doses de bebida alcoólica ou ainda utiliza alguma droga pesada está procurando calar os gritos de sua consciência. São gritos que pedem algo diferente na vida.
(Roberto Shinyashiki do livro “Você: A alma do negócio”)

0 comentários: